Carregando...

Cooperação e Investimento Social por Cidades Justas e Sustentáveis

Correalização: Pacto por Cidades Justas
Aberto ao público [Painel] Agenda Pública
23/10/2020 – 10h00 às 13h00

A demanda por equidade, infraestrutura e serviços aprimorados e qualidade de vida nas cidades inclui-se seguramente entre as tarefas mais reconhecidas e menos endereçadas da pauta coletiva do país. Como em outros momentos da nossa história recente, a experiência da pandemia expôs mais uma vez a extensão dos desafios de nossas cidades, com a vasta precariedade urbana e habitacional e a saturação dos sistemas de transporte coletivo impondo seu impacto perverso para as condições de proteção individual e coletiva para a maior parte da população. Ao destaque dessas evidências recentes trazidas pelo contexto, somam-se os desafios históricos de criar condições para cidades mais justas, diversas, verdes, eficientes e positivas para se viver e conviver.

O debate das eleições municipais renova a oportunidade para não apenas atualizar a vida cívica e democrática em âmbito local no país, mas também o olhar sobre as pautas de políticas públicas para responder a esse contexto e modos possíveis de colaboração na cidadania e na sociedade como um todo para levá-las à prática. O painel Cooperação e Investimento Social por Cidades Justas e Sustentáveis buscará somar vozes diversas dedicadas à temática na sociedade para atualizar perspectivas em torno das das pautas, prioridades e modos de colaboração e ação compartilhada para avançarmos em endereçar de forma efetiva a nossa agenda urbana.

Inscreva-se!

Palestrantes

Benedito Barbosa

Dito é Advogado Popular dos Movimentos de Moradia e dos Tabalhadores/as Ambulantes, da União dos Movimentos  de Moradia de São Paulo e do Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos, atua especialmente na defesa de   Comunidades, Favelas e Ocupações ameaçadas de remoções forçadas  ou reintegrações  de posse,  é Coordenador da Central de Movimentos Populares da Capital de SP, é  Educador Popular e Defensor de Direitos Humanos.

Carolina Guimarães

É Coordenadora da Rede Nossa São Paulo, uma cientista social brasileira e portuguesa com vasta experiência internacional. A possibilidade de estudar e viver em vários cantos do mundo, bem como, a sua experiência profissional em comércio internacional, sustentabilidade e projetos de Participação Pública e atribuições na Comissão Europeia na Direcção-Geral da Cooperação para o Desenvolvimento, alargou e enriqueceu a sua perspectiva social e desenvolvimento Econômico. Ela também é sócia da Wheel Creative Consulting.

Mariana Neubern de Souza Almeida

É superintendente da Fundação Tide Setúbal e professora do Programa Avançado em Gestão Pública do Insper. Doutora em Economia do Desenvolvimento pela FEA-USP, atuou na área de economia popular e solidária no Brasil e na Venezuela, desenvolvendo políticas públicas de apoio a pequenos empreendimentos urbanos e rurais. Trabalhou em diversos órgãos públicos, particularmente na área de planejamento e orçamento público.

Melina Risso

É Diretora de Programas do Instituto Igarapé e co-autora do livro Segurança Pública para virar o jogo. Atua com o tema da Segurança Pública há mais de 15 anos. Foi diretora do Instituto Sou da Paz, OSCIP dedicada a reduzir a violência no país. Atuou também fora do Brasil. Foi visiting scholar na George Mason University na Virginia/EUA, palestrante em diversos eventos na América Latina como Women’s Forum; Tejiendo redes – Geografía del delito da UNODC; V Seminario Internacional de Inteligência Estratégica da Polícia Nacional colombiana. Em 2011 foi a oradora da sociedade civil no monitoramento da Declaração de Genebra sobre violência armada e desenvolvimento do qual o Brasil é signatário. É co-fundadora do Movimento Agora!, membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e consultora do BID. Melina é doutora e mestre em Governo e Administração Pública pela FGV e graduou-se em comunicação social na ESPM.

Tomas Alvim

É editor e sócio da BEI Editora, cofundador do Arq.Futuro e do Por Quê? Economês em Bom Português. Coordenador do Laboratório Arq.Futuro de Cidades do Insper.

Ester Carro

Arquiteta e ativista urbana, professora no Programa de Pós – Graduação em Urbanismo Social, integrante do Núcleo de Mulheres e Território do Laboratório de Cidades (Arq. Futuro e Insper) e fellowship na Avenues School. Desde 2018 é Presidente da União Educacional e Esportiva do Jardim Colombo e está à frente do Fazendinhando, movimento de transformação física, cultural e social. Ex-servidora pública na SMDET (Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, 2019-2020). Em 2019 foi uma das selecionadas para participar da XII Bienal Internacional de Arquitetura, com o projeto intitulado: “Contribuições para outra narrativa” exposto no Centro Cultural de São Paulo. Mestre (2019) em Projeto Produção e Gestão do Espaço Urbano pela FIAM – FAAM Centro Universitário, Pós-graduanda em Habitação e Cidade (Escola da Cidade, 2020) e Urbanismo Social (Insper, 2020), graduada em Arquitetura e Urbanismo pela FIAM – FAAM Centro Universitário (2017), com estágio na SIURB (Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras, 2013-2014), SEHAB (Secretaria de Habitação, 2014) e no escritório Levisky – Estratégias Urbanas (2016). Atua como líder comunitária, realizando a gestão de projetos sociais em territórios vulneráveis, buscando o desenvolvimento da sociedade por meio da educação e do empreendedorismo social e a transformação de espaços físicos, desde moradias a áreas urbanas.

Henrique Evers

É Gerente de Desenvolvimento Urbano do WRI Brasil onde atua nas áreas de planejamento urbano e financiamento de cidades. Atualmente trabalha em projetos de apoio à revisão de planos diretores, Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável (DOTS), habitação de interesse social e qualidade do ar. Também atua com foco no financiamento e coordenação de projetos entre setor público privado e no desenvolvimento de instrumentos alternativos de financiamento para projetos urbanos.

Antes de trabalhar no WRI Brasil, se envolveu em projetos de acessibilidade, avaliação da qualidade de calçadas e sistemas de navegação. Henrique é Mestre em Ordenamento Territorial e SIG pela Universidade de Málaga (Espanha) e formado em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Antonia Cleide Alves

Presidente da UNAS – Heliópolis e Região.

Preto Zezé

Ex-lavador de carro nas ruas de Fortaleza, presidente global da CUFA – Central Única das Favelas, empresario, produtor cultural, repórter no Quadro Talentos da Comunidade na TV Verdes Mares/afiliada da Rede Globo no Ceará, escritor, autor dos livros A Selva da Pedra : a Fortaleza Noiada ( 2014) e Das Quadras Para o Mundo (2019), consultor em planos de de oportunidades para governos e empresas. Preto Zezé também é CEO e fundador do Lis – Laboratório de inovação social. Ativista de uma agenda positiva nas favelas para transformar o estigma em carisma as dificuldades em oportunidades. Especialista em planejamento e agendas comuns Mestre em sobrevivência nas Quadras, Doutor nas ruas do Brasil e Pós doutor em conexões de potências e compartilhamento de oportunidades.

Apoio

Quer apoiar o 11º Congresso GIFE? Saiba mais aqui.

Platinum

Bradesco

Master

Itaú Social

Ouro

Fundação Grupo Boticário
Fundação Telefônica
Santander

Prata

Instituto Unibanco
Alana
Fundação Bradesco
Fundação Ford
Fundação Lemann
Fundação Tide Setúbal
TV Globo
Ibirapitanga
Laudes Foundation
Instituto Unibanco
Instituto Votorantim

Bronze

B3
Fundação Roberto Marinho
FEAC
Gerdau
Humanize
Instituto ACP
Instituto Arapyaú
Instituto Clima e Sociedade
Instituto Galo da Manhã
Instituto Samuel Klein
Mattos Filho