As relações público-privadas estão presentes em diversas dimensões do investimento social, mas talvez seja na educação que elas assumem um caráter mais marcante. A melhoria da educação passa necessariamente pelo enfrentamento de sua dimensão pública e, portanto, não pode ser pensada de forma dissociada da ação do Estado. A educação é também o campo em que institutos e fundações brasileiros atuam com mais intensidade, buscando caminhos para ampliar sua contribuição para a melhoria do acesso e da qualidade da educação pública. É também por meio da relação com as políticas públicas que investidores sociais privados procuram ampliar a escala de suas ações, envolvendo-se em relações com instituições públicas em todas as esferas. A recente discussão em torno da construção de uma Base Nacional Comum Curricular, em que diversos institutos e fundações se envolveram intensamente, traz um exemplo do potencial e das dificuldades na relação público-privada no campo da educação. Nessa sessão serão discutidos os desafios, aprendizados e oportunidades da relação entre investidores sociais privados e governos no campo da educação.

Local: sala rosa – 1º andar

denis_mizne2

Denis Mizne

Fundação Lemann

Denis Mizne, Diretor Executivo da Fundação Lemann. Denis é advogado formado pela USP e foi visiting scholar no Human Rights Advocates Program, na Universidade Columbia, e Yale World Fellow, na Universidade Yale. Fundou e preside o Conselho do Instituto Sou da Paz. É ainda membro do Conselho da Fundação Roberto Marinho e do GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas.

foto

Priscila Cruz

Todos Pela Educação

Priscila Cruz é fundadora e presidente-executiva do movimento Todos Pela Educação. Graduada em Administração (FGV) e Direito (USP), mestre em Administração Pública (Harvard Kennedy School), foi coordenadora do ano do voluntariado no Brasil e do Instituto Faça Parte, que ajudou a fundar.

fotografo_lucas_ismael

Ricardo Henriques

Instituto Unibanco

Ricardo Henriques, economista, é superintendente executivo do Instituto Unibanco. Foi Secretário Nacional de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD) do Ministério da Educação e Secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento Social. No Rio de Janeiro foi Secretário Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e Presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos. É membro do Conselho de Administração do Instituto Internacional de Planejamento da Educação (IIEP) da UNESCO.

foto2

Rossieli Soares da Silva

Secretaria de Estado de Educação do Amazonas

Rossieli Soares da Silva é Secretário de Estado de Educação do Amazonas desde 2012. Advogado, Rossieli ingressou na Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc) em 2008, exercendo primeiramente o cargo de diretor do Departamento de Planejamento (Deplan).

Patrocinadores

Platinum

1-Bradesco

Parceiro institucional

frente-nacional-de-prefeitos

Parceiros de comunicação

2PRO Comunicação comtato horizonte educação e comunicação instituto pensarte plurale ecofalante envolverde